Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo de Cabo Delgado encerra mina onde morreram garimpeiros

O governo da província de Cabo Delgado mandou encerrar a mina clandestina de extracção de ouro, onde quatro garimpeiros moçambicanos morreram soterrados em consequência do desabamento de terra, no último domingo (21), no distrito de Ancuabe.

A ordem de encerramento foi dado pela Direcção Provincial dos Recursos Minerais e Energia, alegadamente por que a referida mina, localizada no povoado de Miaja, não reúne condições para ser explorada.

Pondera-se o tapamento de buracos e crateras abertas pelos garimpeiros durante a exploração desenfreada de recursos minerais, mas medida poderá levar muito tempo, uma vez que o acesso à mesma mina é um bico-de-obra devido à degradação acentuada da estrada, para além de que é preciso atravessar alguns riachos, apurou o @Verdade.

Alguns garimpeiros contactados pela nossa Reportagem reconheceram o perigo do seu trabalho nas condições precárias em que exercem, mas alegaram não ter outra alternativa para sobreviver por falta de emprego.

Um número considerável deste grupo tentou recusar abandonar o local, o que culminou com a apreensão de seus instrumentos de trabalho, dos quais motorizadas, pás e picaretas.

Por conta desta situação, as autoridades posicionaram um contingente policial para impedir o acesso à mina.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!