Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo abre mão ao sector privado

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) têm já assegurados 4.5 milhões de dólares americanos, o equivalente a mais de 125 milhões de meticais, para apoiar os esforços das empresas privadas com vista ao melhoramento da sua posição competitiva no mercado nacional e internacional.

Deste valor, três milhões de dólares irão para pequenas e médias empresas, um milhão de dolares para as micro empresas e os restantes 500 mil dólares contemplarão associações empresariais, com comparticipações que variam entre 50, 70 e 75 por cento, respectivamente.

Segundo fonte da CTA, o Projecto de Apoio à Competitividade e Desenvolvimento do Sector Privado- Mecanismo de Subsidios Empresariais, PACDE-MESE que se enquadra no Ministério da Indústria e Comércio, pretende, ainda, fortalecer as agremiações económicas na melhoria do nível de prestação aos seus associados, durante um periodo de quatro anos.

A cerimónia de lançamento deste programa na província de Nampula aconteceu no último sábado, na presença de vários operadores do ramo de transportes.

Na ocasião foi, também, referida existência de outra verba para financiar aos transportadores interessados em adquirir viaturas de 66 lugares, através de uma empresa sedeada na capital do país.

Aos agentes económicos de Nampula, interessados em angariar parceiras, foi concedida a possibilidade de, doravante, integrarem as comitivas presidenciais nas deslocações a determinados países estrangeiros.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!