Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Gonorreia

Bom dia, tenho 28 anos. Tenho o seguinte problema, já contrai uma gonorreia há 6 anos, submeti-me ao tratamento e fiquei curado. Agora reapareceu e estou preocupado.

O que faço para curar em definitivo esta doença? Corro o risco de nao ter filhos por causa dela? Peço ajuda! Ola amigo/a. Só para clarificar aos outros leitores, vale a pena explicar que a Gonorreia é uma infecção de transmissão sexual (ITS) causada por uma bactéria que cresce e multiplica-se facilmente em áreas quentes e húmidas na região reprodutiva do homem ou da mulher.

O tratamento da gonorreia é feito através de antibióticos devidamente receitados por um/a médico/medica. Entretanto, por ser transmitida sexualmente, o seu tratamento não pode ser exclusivo a pessoa que foi diagnosticada, e sim deve incluir o seu/sua parceiro/a. Os médicos sempre mencionam isto nas consultas, mas nós muitas vezes não levamos a sério ou os nossos parceiros (homens/mulheres) se negam a fazer o tratamento connosco. Mais ainda, por ser uma doença de transmissão sexual, um tratamento não implica que nunca mais vais apanhar a mesma doença.

É como uma gripe: o facto de teres feito o tratamento no ano passado não significa que não vais apanhar este ano. Significa sim, que se apanhaste outra vez é porque estiveste exposta a bactéria, que é quase sempre transmitida pela via sexual.

Assim, sugiro que: a) voltes ao Centro de Saúde, Unidade de Aconselhamento e Testagem de Saúde (UATS), ou ao hospital e apresentes a situação a/ao médico/a ou agente de saúde qualificado para te receitar um tratamento – não te esqueças de dizer a verdade; a omissão de factos pode piorar o teu estado; b) cumpras rigorosamente com o tratamento, exigindo que o teu/tua parceiro/parceira também adira; c) uses SEMPRE O PRESERVATIVO para evitares a re-contaminação

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!