Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Goleadas e tropeços nas eliminatórias para Jogos Olímpicos

Foi com uma apresentação de gala e cinco gols que a vice-campeã olímpica Nigéria iniciou, neste final de semana, a longa disputa por uma vaga no Torneio Olímpico de Futebol Masculino dos Jogos de Londres 2012. Os ex-medalhistas Camarões e Gana, porém, correm o risco de uma eliminação precoce após resultados decepcionantes dentro de casa. Moçambique também foi derrotado na sua deslocação ao Marrocos.

O pré-olímpico africano começou no passado fim de semana com a disputa dos jogos da primeira dos 15 confrontos que compõem a primeira fase. E pelo que se viu na estreia, as principais forças do continente não terão vida fácil. Primeiro país africano a conquistar uma medalha olímpica no futebol, com o bronze em 1992, Gana perdeu em casa frente ao Sudão, enquanto que o campeão de 2000, Camarões, derrotou a Tanzânia por apenas 2 a 1.

No Benin City, a Nigéria atropelou a Guiné Equatorial por 5 a 0, com dois golos de Nosa Igiebor e ainda um pênalti perdido no segundo tempo. Odion Jude Ighalo abriu o placar, seguido por Haruna Lukman, meio-campista com passagem pela seleção principal. Igiebor fez mais dois para os anfitriões, que fecharam a conta com Ekigho Ehiosun, outro jogador do forte elenco nigeriano com experiência no selecionado profissional.

O Sudão, por sua vez, bateu a seleção de Gana em Acra com um golo de Martin Khamis aos 48 minutos do segundo tempo após jogada de El Nour Osman Ahmed. Já a equipe sub-23 de Camarões viu o que prometia ser uma vitória tranquila transformar-se em sufoco na capital Iaoundé.

Mark Pangwoh fez o primeiro para os anfitriões, que poderiam ter ampliado não fosse a defesa de Shaban Hassan no pênalti marcado por Parfait Essengue. Aos 40 minutos da primeira etapa, Thomas Ulimwengu empatou a partida, mas o guarda-redes herói da Tanzânia transformou-se em vilão ao falhar numa bola recuada pela defesa, que Pangwoh empurrou para o fundo das redes, selando a vitória camaronesa.

A África do Sul também apresentou fragilidades defensivas na vitória sobre a Líbia. A equipe chegou a fazer 4 a 0, mas sofreu dois golos no final do jogo, sendo um deles contra, alimentando as esperanças adversárias para o duelo da segunda mão.

A Costa do Marfim não teve grandes dificuldades diante da vizinha Libéria mesmo tendo de mandar o jogo no campo neutro de Acra devido à instabilidade política do país. Serge Deble fez o primeiro golo aos 15 minutos do primeiro tempo, e Yacoub Meite ampliou aos 29. Na segunda etapa, Deble voltou a balançar as redes, e Lacina Traore anotou o quarto. A Libéria entrou em campo de luto pela morte do atacante Patrick Doeplah, que faleceu enquanto dormia no dia 22.

Em Argel, a Argélia conquistou uma convincente vitória por 3 a 0 sobre Madagascar. O atacante Mohamed Chalali, que atua no futebol grego, marcou dois gols e deu o passe para Oussama Mesfar fazer o terceiro.

Já a República Democrática do Congo, que raramente disputa competições de base, superou Burkina Fasso por 2 a 1 graças ao gol de Bamato Botayi.

Por fim, Moçambique foi derrota pelo Marrocos por 2 a 0. Abedelrazak abriu o placar a nove minutos do fim do tempo regulamentar e Labyad fez o segundo a dois minutos do fim do jogo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!