Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Gaza superou a meta de produção agrícola em 2011

A produção de Gaza, Sul de Moçambique, alcançou em 2011, uma produção agrícola global de aproximadamente 2,5 milhões de toneladas de produtos diversos contra as 2,3 toneladas que haviam sido planificadas, o correspondente a realização da meta em cerca de 107 por cento.

Fonte do Governo provincial a que a AIM teve acesso destaca que esta produção que representa um crescimento de 18,3 por cento em relação a produção conseguida no ano anterior foi alcançada numa área lavrada de 757.595 hectares de culturas diversas com destaque para o arroz e hortícolas.

Assim, a produção global da província de Gaza, em 2011, situou-se em 28.042, 71 milhões de meticais (um dólar equivale a aproximadamente 28 meticais) contra 23.589,87 milhões de meticais arrecadados em 2010, uma realização de 109 por cento do plano e um crescimento de cerca de 19 por cento, tendo a agricultura contribuído com 66 por cento.

A fonte destaca que ao longo dos últimos cinco anos o valor da produção global naquela província regista uma tendência crescente de 20 por cento, por ano, tendo passado de 10.993,3 milhões de meticais em 2007 para 28.042,7 milhões de meticais em 2011.

No primeiro trimestre de 2012, segundo a fonte, o valor da produção global foi de 14.283,8 milhões de meticais, o correspondente a 48,5 por cento da realização do plano anual de 29.448,7 milhões de meticais, o que representa um crescimento na ordem de 12 por cento relativamente a igual período de 2011.

O sector familiar, diz a fonte, registou um crescimento do rácio agregado familiar/ área de cultivada de 1,5 hectares por família, em 2006, para dois hectares, em 2011, com uma produção media de 2,5 toneladas contra 0,9 toneladas em 2006.

“Em 20011 existiam 106 extensionistas, contra 94 em 2010, que assistiram, 268.460 produtores contra 109.884 em 2010, o que representa um crescimento de 144,3 por cento e uma superação da meta planificada em 234,5 por cento”, revela a fonte.

Os extensionistas são tidos como indispensáveis para a melhoria da produção agrícola nas zonas rurais. Durante o período em análise foram assistidas 306 associações agro-pecuárias, beneficiando 19.277 produtores contra 13.312 produtores e 244 associações assistidas em 2010.

Na área de agro – processamento, a província de Gaza conta com 62 maquinetas contra 57 que existiam em 2010 para processar, arroz e castanha de caju.

Até ao primeiro trimestre do presente ano a província de Gaza contava com uma área irrigável de 57.335 hectares, da qual estão a ser aproveitados apenas 22.483 hectares.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!