Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Garantidos 45 milhões de USD para linha “Tete-Maputo”

O Ministro moçambicano da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, disse ultima Segunda-feira, em Maputo, que a Noruega comprometeuse a contribuir com cerca de 45 milhões de dólares norteamericanos para a construção de uma linha de transporte de energia ligando as regiões Centro e Sul do país.

Esta contribuição resulta do trabalho feito pelo Governo junto dos seus parceiros de cooperação. O projecto, cujo arranque está previsto para 2011, está avaliado em cerca de 2,4 mil milhões de dólares e será desenvolvido numa parceria entre o sector público e privado. Prevê-se que a linha, de alta tensão, tenha cerca de 1.500 quilómetros de extensão.

Moçambique pretende, com este esforço, tirar proveito do seu enorme potencial energético para se posicionar como um dos principais fornecedores de energia eléctrica ao nível da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Cuereneia considerou que a projectada linha de transporte de energia eléctrica, Tete-Maputo, vai ser determinante no desenvolvimento do potencial energético de Moçambique e representará uma vantagem competitiva para o país, no contexto da integração regional da SADC, para além de que ajudará o país a minimizar os efeitos da actual crise financeira mundial.

O governante moçambicano afirmou ainda que, para além da referida linha, vários outros projectos energéticos estão igualmente previstos, cuja implementação contará com um financiamento do Banco Mundial, no valor de cerca de 100 milhões de dólares. Para as autoridades moçambicanas, a linha Tete-Maputo constitui a espinha dorsal do programa de expansão da Rede Nacional de Transporte de Energia Eléctrica e uma infra-estrutura de importância vital para o desenvolvimento do grande potencial enérgico do país, sobretudo através da concretização dos projectos de M’panda Nkuwa, Cahora Bassa-Norte e da Central Térmica de Moatize, entre outros projectos”.

Refira-se que, presentemente, Moçambique está numa situação em que as linhas que transportam energia da hidroeléctrica de Cahora Bassa, localizada no Songo, em Tete, para a África do Sul e Zimbabwe, “já não podem comportar mais energia, pelo que uma energia adicional a ser gerada terá de ser escoada através da linha Tete-Maputo”.

O Governo de Moçambique encomendou um estudo sobre essa linha, que tem como pressuposto a necessidade de transporte de cerca de 9.200 Mega watts (MW), energia a ser gerada entre os vários projectos de produção de energia eléctrica, actualmente em promoção pelo Governo de Moçambique. Destacam-se os projectos Hidroeléctrico de M’panda Nkuwa (1500 MW), Central a Gás Natural de Ressano Garcia (450 MW) e Central Térmica a Carvão de Moatize (1500-2400 MW), incluindo os 2075 MW da Central Hidroeléctrica de Cahora Bassa Sul. Sabe-se que foi desenvolvido um estudo de viabilidade de uma outra central térmica a carvão, associada à licença de prospecção mineira de Benga, igualmente em Tete.

A primeira fase da Central Térmica de Moatize deverá entrar em funcionamento até 2012, para reduzir o défice de energia eléctrica projectado a nível nacional. Com efeito, espera-se que, em 2012, Moçambique enfrente uma demanda total de cerca de 650 MW e em 2015, a demanda poderá aumentar para 800 MW.

A concretizarem-se, estes projectos serão uma mais-valia para Moçambique, sobretudo no contexto regional, sabido que a SADC está neste momento com um défice energético que deverá prevalecer até 2012. As projecções da Southern African Power Pool (SAPP) indicam que até 2012, a SADC terá de investir cerca de cinco mil milhões de dólares norte-americanos para produzir 6.500 MW (de energia adicional). Um projecto previsto até 2028 deverá resultar em 44.000 MW, dos quais 14.000 MW serão produzidos por Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!