Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Gabão: Líder da oposição declara-se presidente

Influenciado pelos recentes acontecimentos na Tunísia e na Costa do Marfim, o líder da oposição no Gabão, Andre Mba Obame, declarou-se o presidente legítimo do país, iniciando uma nova crise política. O governo do Gabão já reagiu e dissolveu o partido de Obame, que está agora refugiado no complexo das Nações Unidas.

O porta-voz das Nações Unidas disse que Obame e cerca de 20 apoiantes pediram a protecção da ONU, dizendo que temiam pelas suas vidas. O porta-voz acrescentou ainda que o enviado da ONU no país está agora a consultar as autoridades sobre o assunto.

Traição

O governo dissolveu o Partido da União Nacional de Obame e acusou-o de traição após ele ter se declarado presidente e nomeado um governo paralelo. O líder da oposição, que alegou sempre ter ganho as eleições que foram realizadas em 2009, parece estar a ser influenciado pelas disputas políticas na Tunísia e na Costa do Marfim.

Uma rebelião derrubou o presidente tunisino este mês, enquanto na Costa do Marfim a ONU está a dar protecção ao presidente reconhecido internacionalmente, Alassane Outtara, uma vez que o seu rival, o presidente em exercício Laurent Gbagbo, se recusa a ceder o poder.

Surpresa

Mas, no caso do Gabão, estes acontecimentos revelam alguma surpresa e também preocupação, dado que as eleições de 2009 foram supervisionadas por observadores internacionais.

Um comunicado emitido pela União Africana diz que a organização está extremamente preocupada com a tendência de múltiplas crises em África relacionadas com eleições e disputas pela governação.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!