Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Futebol feminino: Viveiros de Nampula mantêm a invencibilidade

A contar para a segunda jornada do Campeonato Nacional de Futebol Feminino, a Academia Militar de Nampula empatou, na tarde deste domingo (21 de Junho), diante do Clube Fanta da Beira por um golo, enquanto a equipa de Viveiros de Nampula goleou a Academia Chamisso de Cabo Delgado por 5-0.

A prova é liderada de forma isolada pela turma das militares. As duas formações, da Academia Militar de Nampula e do Clube Fanta da Beira, entraram em campo com um objectivo claro: ganhar. E foi o que se viu destas equipas, sobretudo na etapa inicial do jogo.

No que diz respeito ao sistema táctico, as militares escalaram um 4 – 4 – 2 que por vezes traduzia-se em 4 – 5 – 1, com Florência do lado esquerdo da defesa, Vitória e Isabel Félix como dupla de centrais, estando Isabel Maganhe a defender a partir do lado direito. Já no meio campo, Rita foi escalada no extremo esquerdo, Joana e Josefina no centro médio enquanto Virgínia foi incumbida a conduzir as jogas ofensivas do lado direito.

O ataque esteve a cargo de Mariza e Letícia, com a primeira, em situações defensivas, a descer até ao meio campo. Do outro lado, a formação da Beira jogou com Dulce na esquerda da defesa, Fanita, Tomasina como centrais e Vânia como lateral direito. Na zona intermediária esteve Mariza e Tucha, auxiliadas por Célia do lado esquerdo e Muanaicha na direita.

Na frente de ataque esteve Sergina e Lídia, perfazendo o 4 – 4 – 2. A equipa representante de Sofala inaugurou o marcador à passagem do minuto 17, por intermédio de Sergina, depois de um monumental frango da guarda-redes Maria que deixou escapar a bola dentro da pequena área, surgindo a atacante do Chiveve a conduzir o esférico até ao fundo das malhas.

Depois do tento assistiu-se a uma partida muito apagada, com a formação das militares a sair somente ao contra-ataque, ainda que o desafio fosse, de todo, pálido. À passagem do minuto 23, a equipa da Academia foi obrigada a operar uma substituição, entrando Carima no lugar da Virgínia.

A partir desse instante, as coisas mudaram completamente de figura, com as donas da casa a comandarem as rédeas do jogo sem, contudo, alterarem o marcador que se levou ao intervalo. A segunda parte arrancou com mais uma substituição nas militares, saindo Josefina entrando para o seu lugar Francisca.

A equipa do Chiveve manteve-se inalterada e limitada a defender para não sofrer golos. Transcorridos 69 minutos, Letícia teve tudo ao seu alcance para igualar o marcador, todavia atirou o esférico ao lado da baliza, mesmo com a guarda-redes contrária totalmente batida.

O perfeccionismo defensivo da equipa da Beira durou até ao minuto 80 quando, finalmente, a Academia Militar chegou ao empate por intermédio de Letícia, na sequência de um pontapé de canto. Nove minutos mais tarde, mesmo contra a corrente do jogo, a equipa da Fanta tentou chegar ao tento, no entanto a trave foi responsável por devolver a bola, com o jogo a terminar empatado.

Viveiros de Nampula na liderança

No mesmo estádio, 25 de Setembro, a equipa de Viveiros de Nampula goleou a Academia Chamisso de Pemba por de 5 a 0, resultado que, mercê do empate da Academia Militar, isola aquela colectividade na liderança da tabela classificativa com um total de seis pontos. Para o triunfo valeu o hat-trick de Samira e o bis de Sónia, numa partida totalmente dominada pela equipa da casa.

Quatro de resultados

2ª Jornada

Clube Fanta da Beira 1 – 1 Academia Militar de Nampula Academia Chamisso 0 – 5 Viveiros de Nampula Computer Solution 0 – 2 Clube Cocoricó de Chimoio União Desportiva de Lichinga 0 – 0 Servitrades de Maputo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!