Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Funcionários públicos gregos fazem greve contra austeridade

Os trabalhadores do sector público da Grécia paralisaram as suas actividades, esta Quarta-feira (19), em protesto contra novas medidas de austeridade e demissões planeadas, interrompendo o transporte local, impedindo a decolagem de voos e fechando escolas e postos de recolhimento de impostos.

A greve de 24 horas é a mais recente de uma série de manifestações desde Setembro contra um pacote de corte de gastos e aumento de impostos exigido pelos credores internacionais da Grécia, como o preço a se pagar pelos empréstimos que mantêm o país a funcionar.

A paralisação foi convocada pelo sindicato Adedy, que representa cerca de meio milhão de funcionários públicos, ou cerca de um quarto da força de trabalho do país.

“Exigimos que o governo mude estas políticas injustas, que ferem os empregados e assassinam o sector público”, afirmou o chefe do Adedy, Costas Tsikrikas. “Esperamos um grande comparecimento na greve”.

A expectativa é de que milhares de professores, médicos e funcionários municipais vão às ruas e façam manifestações no centro de Atenas por volta das 12h, apesar de o comparecimento possivelmente ser menor do que nos protestos do mês passado, antes de o pacote de austeridade ser aprovado no Parlamento.

As medidas, que incluem a escolha de 27.000 funcionários públicos para eventuais demissões, continuam profundamente impopulares entre os gregos, que dizem que a sociedade está a desmoronar sob o peso dos cortes no orçamento e a escalada dos impostos, que ferem na sua maioria as pessoas com rendas médias.

A polícia deslocou cerca 2.000 policiais em Atenas, Quarta-feira, porém os oficiais disseram que não esperavam a ocorrência de violência grave.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!