Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Frelimo entra na fase de consolidação do seu eleitorado

A Frelimo já arrancou com o processo de consolidação do seu eleitorado na província de Nampula, norte de Moçambique, para as eleições presidenciais, parlamentares e provinciais do dia 28 do mês corrente, revelou a AIM, o porta-voz para a cidade de Nampula deste partido no poder, João Maurício. 

Segundo Maurício, o seu partido está convicto de que já atingiu a maior parte do eleitorado, ou seja, pelo menos dois terços ao nível de toda a cidade. “Agora estamos a fazer a consolidação e, por isso, saímos a rua todos os dias para pedir o voto. Estamos a consolidar nos sítios por onde passamos nos primeiros dias. A estratégia será a mesma para os restantes 12 dias que faltam para o término da campanha eleitoral”, disse Maurício.

Para o porta-voz desta formação política, a campanha eleitoral da Frelimo na cidade de Nampula está a decorrer sem grandes sobressaltos, pois os seus brigadistas estão a conseguir levar para o eleitor a sua principal mensagem, que é votar na Frelimo e no seu candidato presidencial, Armando Guebuza. A AIM aproveitou a ocasião para saber de Maurício se a Frelimo possui uma agenda especial para os restantes dias até ao fim da campanha.

“Não temos programas específicos, pois, logo a partida, já tínhamos um programa para os 45 dias de campanha, que inclui objectivos gerais e específicos”, referiu. Maurício explicou que um dos objectivos específicos é quando o brigadista, ou seja membro da célula ao nível da base, mobiliza de forma sistemática o eleitorado. “Ele por si só é um membro da célula do partido Frelimo, é uma brigada em si. Então a orientação é que todos os dias devem passar mensagens ao eleitorado”, explicou.

Enquanto isso, decorridos 30 dias após o início da campanha eleitoral, apenas três partidos e seus respectivos candidatos a Presidência da República são visíveis na província de Nampula. A reportagem da AIM, que se encontra a cobrir a campanha eleitoral desde o seu arranque nesta parcela do pais, a 13 de Setembro último, confirma este facto em todos os distritos visitados ate esta parte, nomeadamente a própria cidade de Nampula, Angoche, Ilha de Moçambique e Nacala-Porto.

Outros partidos que disputam (ou que deveriam disputar) as legislativas incluem o Partido de Liberdade e Desenvolvimento (PLD), Coligação Aliança Democracia dos Antigos Combatentes (ADACD), Partido de Solidariedade e Liberdade (PAZS), Partido Aliança Independente de Moçambique (ALIMO) e o Partido dos Verdes de Moçambique (PVM), cuja presença e’ praticamente nula.

Na província de Nampula registase uma forte presença do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), não obstante concorrer apenas para as presidências, isso pelo facto de ter sido excluído pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) devido a “irregularidades processuais” de parte de seus candidatos. A Frelimo é o partido cuja presença se faz sentir em quase todos os locais, pelo menos ao nível da província de Nampula. Cite-se como exemplo um episódio ocorrido na Ilha de Moçambique, quando o enviado da AIM se deslocou a um restaurante local para jantar e, para a sua maior surpresa, durante a noite inteira, a música de fundo era precisamente o CD de campanha da Frelimo.

Por outro lado, “Os Verdes” ainda tentaram timidamente dar um ar da sua graça há cerca de 10 dias, tendo colado um punhado de cartazes em alguns distritos, tais como Nampula e Ilha de Moçambique. Falando na terça-feira à AIM, o chefe de relações públicas da Polícia da República de Moçambique (PRM), António de Oliveira Maneque, disse que apenas no último fimde- semana a sua corporação foi chamada a intervir para garantir a protecção de uma caravana eleitoral. “Anteontem (Domingo), pela primeira vez fomos chamados para garantir a segurança de uma caravana do partido “Os Verdes”, que se fez a rua pela primeira vez desde o início da campanha eleitoral”, disse Maneque. A Renamo também tem marcado presença nesta província.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!