Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fórmula 1: Vettel domina e consegue vitória na Índia

O bicampeão pela Red Bull, Sebastian Vettel, conseguiu vencer o primeiro Grande Prémio da Índia de Fórmula 1 no passado domingo e chegou à sua 11ª vitória em 17 corridas na temporada.

Na prova disputada à tarde no novo circuito internacional de Buddh, o piloto alemão de 24 anos ficou na frente em todas as voltas da corrida depois de começar na pole position. Ele também conseguiu dar a volta mais rápida na final. Se todas essas conquistas não fossem o suficiente, Vettel ainda estabeleceu o recorde em número de voltas na liderança numa única temporada, superando o inglês Nigel Mansell, campeão da modalidade em 1992.

Os dois títulos na temporada, de piloto e de equipa, foram alcançados por Vettel e pela sua equipa. O inglês Jenson Button, campeão em 2009, consolidou a sua segunda posição ao terminar a prova 8.4 segundos atrás do alemão, seguido por Fernando Alonso, da Ferrari, que ficou em terceiro com mais 15.8 segundos.

“É, amigos, nós conseguimos,” gritou Vettel pelo rádio na bandeirada quadriculada. “Primeiro Grande Prémio na Índia, óptimo trabalho.” Vettel possui 374 pontos com duas corridas a serem disputadas, seguido por Button, da McLaren, com 240, Alonso com 227 e o australiano da Red Bull, Mark Webber, – que terminou em quarto mesmo depois de largar na primeira fila – com 221. A tarde pode não ter sido muito emocionante, mas, como chega num mês triste para o automobilismo que viu duas mortes em fins-de-semana consecutivos, foi quase um alívio.

MINUTO DE SILÊNCIO

Equipas e pilotos fizeram um minuto de silêncio antes do início da corrida para homenagear o vencedor por duas vezes da Indy 500 Dan Wheldon e o piloto da MotoGP Marco Simoncelli. Button, amigo e rival de Wheldon no início da carreira, dedicou a corrida a eles, enquanto Vettel fez a sua própria homenagem. “Tenho sentimentos contraditórios,” disse o alemão. “Estou muito, muito feliz. É o primeiro GP na Índia e tenho orgulho de vencer aqui pela primeira vez. Mas, ao lembrar do que aconteceu nos últimos fins-de-semana, nós perdemos dois dos nossos amigos.”

O campeão pela McLaren em 2008 Lewis Hamilton e Felipe Massa, da Ferrari, bateram novamente, no sexto choque entre eles na temporada. O brasileiro foi penalizado e depois abandonou a prova devido a problemas na suspensão. Hamilton, que conseguiu a segunda posição no grid mas foi penalizado e acabou em terceiro por ignorar bandeiras de aviso no treino, terminou em sétimo atrás da dupla da Mercedes Michael Schumacher e Nico Rosberg. O espanhol Jaime Alguersuari foi o oitavo pela Toro Rosso enquanto o alemão Adrian Sutil garantiu pontos para a Force India em casa com o nono lugar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!