Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fórmula 1 – Sebastian Vettel inicia temporada a vencer

Sebastian Vettel começou a temporada de 2011 tal como havia terminado a de 2010 – a vencer. O piloto alemão, que já havia estado imparável na qualificação de ontem, confirmou o seu favoritismo e obteve um triunfo fácil numa prova que se revelou bastante interessante com todas as novidades técnicas e regulamentares.

Vettel terminou a prova com 22 segundos de avanço sobre Hamilton, revelando assim a superioridade da Red Bull e do piloto alemão na pista australiana, tendo optado por uma estratégia de duas mudanças de pneu, tal como os outros dois pilotos que o acompanharam no pódio. Lewis Hamilton terminou a prova no segundo lugar, aos comandos do seu McLaren danificado ao nível do fundo plano, enquanto Vitaly Petrov foi uma das figuras da corridas, ao terminar a prova em terceiro, naquele que foi o seu primeiro pódio e, simultaneamente, o primeiro de um piloto russo na Fórmula 1.

O domínio de Vettel começou logo na partida (mesmo sem os Red Bull terem o sistema KERS instalado), tendo logo começado a ampliar a vantagem sobre os pilotos que o seguiam, nesta primeira fase Hamilton e Mark Webber. Daí em diante, Vettel controlou a prova sem problemas, ao passo que atrás as lutas sucediam-se após alguns incidentes entre os outros pilotos.

Fernando Alonso caíra para o nono posto após uma má abordagem à primeira curva, tendo conseguido recuperar até ao quarto posto final, logo na frente de Mark Webber, que nem parecia ter o mesmo carro que o líder da corrida.

Jenson Button ficou o sexto posto, após ter sido penalizado por cortar a chicane numa tentativa de ultrapassagem a Felipe Massa, que foi nono, acabando por perder três posições com uma paragem nas boxes tardia. Na Mercedes, a prova foi para esquecer, pois os seus dois pilotos foram forçados a abandonar: Nico Rosberg por danos no radiador do seu carro e Michael Schumacher devido a um furo lento.

Sauber desqualificados do GP da Austrália

O duo da Sauber, Sergio Perez e Kamui Kobayashi, que obtiveram o sétimo e oitavo lugares no GP da Austrália acabaram por ser desqualificados da corrida, devido a irregularidades técnicas nos dois monolugares, relativas às dimensões da carroçaria.

Com a exclusão dos Sauber, Felipe Massa (Ferrari) passa para sétimo, na frente de Sebastien Buemi (Toro Rosso) e o duo da Force India, Adrian Sutil e Paul di Resta, que assim são promovidos aos lugares pontuáveis.

Classificaçãodo GP da Austrália

1. Vettel Red Bull-Renault

2. Hamilton McLaren-Mercedes

3. Petrov Renault

4. Alonso Ferrari

5. Webber Red Bull-Renault

6. Button McLaren-Mercedes

7. Massa Ferrari

8. Buemi Toro Rosso-Ferrari

9. Sutil Force India-Mercedes

10. Di Resta Force India-Mercedes

11. Alguersuari Toro Rosso-Ferrari

12. Heidfeld Renault

13. Trulli Lotus-Renault

14. D’Ambrosio Virgin-Cosworth

Abandonos:

Glock Virgin-Cosworth 50ª volta

Barrichello Williams-Cosworth 49ª volta

Rosberg Mercedes 22ª volta

Kovalainen Lotus-Renault 19ª volta

Schumacher Mercedes 19ª volta

Maldonado Williams-Cosworth 10ª volta

Liuzzi HRT-Cosworth 1ª volta

Karthikeyan HRT-Cosworth 1ª volta

 

Classificação do Mundial de Pilotos

1. Vettel 25

2. Hamilton 18

3. Petrov 15

4. Alonso 12

5. Webber 10

6. Button 8

7. Massa 6

8. Buemi 4

9. Sutil 2

10. di Resta 1

 

Classificação no Mundial de Construtores

1. Red Bull-Renault 35

2. McLaren-Mercedes 26

3. Ferrari 18

4. Renault 15

5. Toro Rosso-Ferrari 4

6. Force India 3

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!