Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fórmula 1: Hamilton domina corrida em Singapura e sobe ao comando do Mundial

O piloto britânico Lewis Hamilton dominou o Grande Prémio de Singapura, 14.ª prova do Mundial de Fórmula 1, beneficiando do abandono do alemão Nico Rosberg, colega de equipa na Mercedes, para ascender à liderança do campeonato.

Hamilton partiu da “pole position” e rapidamente ganhou vantagem sobre os perseguidores, que foi reduzida devido à entrada em pista do “safety car”, vendo-se na necessidade de voltar a atacar na fase final da corrida para ultrapassar o alemão Sebastian Vettel (Red Bull).

O britânico, campeão do Mundo em 2008, completou as 61 voltas ao circuito Marina Bay em 02:00.04,795 horas (média de 151,780 km/hora), menos 13,534 segundos do que Vettel, tetracampeão do Mundo, e menos 14,273 em relação ao australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), terceiro colocado.

O piloto da Mercedes subiu ao comando do Mundial de pilotos, com três pontos de vantagem sobre Rosberg, conquistando a 29.ª vitória da carreira, a sétima deste ano e a segunda em Singapura, quebrando a hegemonia de Vettel no circuito asiático, onde tinha vencido as últimas três corridas.

“Sonhei esta noite que isto aconteceria. Agora, as coisas mudaram completamente. Procurava ter um fim de semana perfeito e foi o que aconteceu”, exultou Hamilton.

No sentido contrário, o fim de semana de Rosberg foi para esquecer: o piloto alemão, que deveria partir do segundo lugar da grelha, foi obrigado a arrancar da via das “boxes” devido a problemas eletrónicos no seu Mercedes, que se agravaram durante a prova e o levaram a abandonar, à 14.ª volta.

Os 22 pontos de vantagem com que Rosberg partiu para Singapura esfumaram-se em duas horas e a reta final do Campeonato do Mundo de F1 promete emoções fortes, com os dois pilotos da Mercedes – dominadora incontestada da competição – a lutarem pelo título que Vettel conquistou nos últimos quatro anos.

Apesar do segundo lugar obtido, o tetracampeão ocupa o quinto lugar do Mundial de pilotos, atrás também de Ricciardo, terceiro posicionado, e do espanhol Fernando Alonso, quarto colocado, que terminou a corrida de Singapura em idêntica posição, a 15,389 segundos de Hamilton.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!