Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fogo destrói trinta barracas num “mercado Mafureira” em Inhambane

Cerca de trinta barracas, na sua maioria de construção precária e outras de material misto, foram devoradas por um incêndio ocorrido na madrugada de quinta-feira no mercado da mafureira, arredores da cidade de Inhambane, capital da província que ostenta o mesmo nome, no sul Moçambique.

As autoridades policiais envolvidas no combate ao incêndio que, chegou a ameaçar as residências circunvizinhas, arrolaram duas prováveis causas, nomeadamente, fogo posto e curto-circuito num poste de transporte de energia eléctrica.

Cassimo Jamú, vendedor daquele mercado paralelo, o mais concorrido da cidade de Inhambane, conta que o incêndio acabou atingindo muitas barracas porque um poste de transporte de energia eléctrica libertava faíscas no local onde deflagrou o incêndio, o que impediu a aproximação das pessoas para ajudar a apagar o fogo.

“O fogo propagou-se para outras barracas e só depois de a Electricidade de Moçambique, desligar a linha que alimenta a zona, é que houve trabalho intenso para debelar o fogo, porque antes disso, todos tinham medo de ser electrocutados”, disse Cassimo Jamú.

Segundo fontes locais citadas pelo matutino “Noticias”, o corpo da salvação pública da empresa Aeroportos de Moçambique, solicitado pelo comando provincial da polícia, chegou ao local uma hora e meia depois da ocorrência, numa altura que a população já tinha dominado o fogo.

Além de vários artigos que são comercializados no Mercado Mafureira, acredita-se que alguns proprietários poderão ter perdido valores monetários, resultado de receitas do dia anterior.

Geralmente, as barracas encerram a alta hora da noite e, temendo assaltos, os proprietários acabam guardando a receita do dia no interior dos seus estabelecimentos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!