Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

FIPAG efectua cortes mesmo com algumas torneiras a não jorrar água em Quelimane

Maioria dos munícipes de Quelimane não vê água jorrar nas suas torneiras por muito tempo, mas no final do mês vem a factura inteira. As autoridades dizem que tudo deve-se ao ensaio do sistema que está a ser construído, a partir de Licuar até Quelimane, que irá permitir, no futuro, o abastecimento de água à cidade de Quelimane, sem interrupção.

Há uma semana, o Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água (FIPAG), decidiu mandar os seus homens às casas para efectuarem cortes no fornecimento do precioso líquido.

A situação está a indignar os munícipes de Quelimane, que muitos deles, mesmo com as contas regularizadas, não tem água, há bastante tempo, mas no final do mês pagam facturas.

Os homens do corte, não perdoam. Para aqueles que são “alérgicos” em dinheiro, já é uma oportunidade para fazerem mais algum.

Conforme explicam algumas pessoas, os homens do corte, quando chegam e vê que o cliente deve a empresa pelomenos um mês, ele dá contra-partida, ou seja, procura formas de não cortar água e, em troca, recebe algum valor para o seu bolso.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!