Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

FAO anuncia Iminência de implementação de programa especial de aquacultura em África

Um Programa Especial para o Desenvolvimento da Aquacultura em África (Spada) está prestes a ser implementado conforme ao plano de ação da pesca e aquacultura da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD), anunciou segunda-feira em Dakar o representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) no Senegal, Amadou Ouattara.

Falando na abertura dum atelier de formação sobre arroz e a aquacultura na África Ocidental, Ouatarra precisou que este empreendimento visa o melhoramento do crescimento económico do continente nas zonas rurais, para responder a um pedido dos Estados membros da organização. Apoiando esta iniciativa, o representante residente da Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) em Dakar, Okubo Hisatoshi, indicou que a sua instituição decidiu elaborar uma estratégia para o desenvolvimento da aquacultura específica na África Subsariana cuja finalização está prevista para Março de 2011.

Referindo-se à situação da aquacultura em África, Hisatoshi sublinhou que se trata de um setor que começa a desenvolver-se no continente mas que deve enfrentar numerosas dificuldades, tais como a alimentação e o povoamento de peixe. “É um aspeto alimentar maior para o continente africano, porque o peixe é a principal fonte de proteina animal para as populações africanas”, sustentou.

Ele acrescentou que o Governo do Japão estã empenhado em questões ligadas à aquacultura e que já implementou projetos nesta área no Benin, no Burkina Faso e, proximamente, em Madagáscar. Este quarto atelier da FAO, que reune, até 17 de Dezembro, representantes de todos os países membros da organização, da JICA e da Coligação para o Desenvolvimento da Rizicultura em África (CARD), tem como objetivo contribuir para a redução da pobreza, para a segurança alimentar e para o desenvolvimento da economia através do aumento da produção e da produtividade agrícolas na África Subsariana.

Tratar-se-á também da criação e da formulação de estratégias regionais em matéria de arroz e aquacultura e trocar informações sobre as experiências do Gana e de Madagáscar neste setor.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!