Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Faltou combustível no gerador do Hospital Provincial de Quelimane

No passado domingo (13) a empresa Electricidade de Moçambique(EDM) programou um corte de energia eléctrica na rede que alimenta a cidade de Quelimane, para efeitos de manutenção da sua rede. Apesar do aviso antecipado os responsáveis da maior unidade sanitária da província da Zambézia não garantiram a existência de combustível para o gerador de energia instalado no Hospital Provincial de Quelimane (HPQ) o que impossibilitou o normal atendimento dos doentes internados e os que acorreram a aquela unidade hospitalar.

Segundo o jornal Diário da Zambézia, houve doentes não puderam ser atendidos pelo pessoal de saúde devido a falta de energia.

Questionada sobre as razões que conduziram a esta situação a directora daquele hospital, Virgínia Saldanha, assumiu que má gestão foi a causa de tudo. Aquela gestora hospitalar explicou que de facto recebeu o comunicado da EDM, indicando o corte de energia, contudo somente no domingo, depois do corte de energia, quem ficou encarregue de abastecer o gerador dirigiu-se ás bombas de gasolina para levantar o combustível. Para azar dos responsáveis hospitalares tambem o gerador das bombas de gasolina estava avariado e não havia como levantar o combustível.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!