Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Falsa funcionária aduaneira presa em Tete

Foi presa há dias na vila carbonífera de Moatize, Província de Tete, uma cidadã nacional que se fazia passar por funcionária da Autoridade Tributária – Direcção Geral das Alfândegas. A informação foi veiculada no moçambiqueonline, um fórum de interacção de ideias com bastante acessibilidade, que também publicou fotos da cidadã em causa.

Segundo a fonte, trata-se da cidadã identificada por Mércia Américo Soares. Na altura da sua prisão ela apresentava- se devidamente uniformizada. Situações do género envolvem também outras áreas do Estado e costumam ser frequentes geralmente nas vésperas das festividades do Natal e de Fim-de-Ano, período que tem sido marcado por muitos casos de oportunismo.

O caso da Mércia Américo Soares sugere às instituições que geralmente sofrem esse tipo de situações fazer circular com brevidade informação para o público em geral, em especial comerciantes, sobre medidas a tomar perante alguém que se identifique como funcionário das mesmas.

Não menos importante recomenda- se aos funcionários cujas instituições impõem uniforme a participarem as autoridades policiais e a Direcção de Logística Para-Militar, sempre que notar falta (roubo) de uniforme e suas indumentárias por forma a acautelar risco de aparecer nas mão alheias. Aconselha-se ainda os funcionários nessas circunstâncias devem conferir as peças do uniforme têm em sua posse, por questão de controlo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!