Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exportadas até finais de 2011 cerca de 200 mil toneladas de açúcar

Das cerca de 400 mil toneladas métricas de açúcar programadas para serem produzidas ao longo do presente ano de 2011, pouco mais de 200 mil toneladas serão para exportação para a União Europeia (UE), Estados Unidos da América (EUA) e África do Sul, principalmente.

Para o mercado doméstico deverão ser comercializadas as restantes 200 mil toneladas do produto das fábricas de Xinavane, Maragra, Mafambisse e Sena.

As vendas domésticas serão feitas, como habitualmente, por um total de 16 depósitos de venda de açúcar espalhados por todas as 10 províncias moçambicanas mais a cidade do Maputo, segundo o Ministério da Indústria e Comércio, realçando, entretanto, que, em 2011, as exportações deverão render cerca de 91 milhões de dólares norte-americanos.

Entretanto, estão em curso estudos de viabilidade económica visando permitir que a indústria açucareira moçambicana passe a produzir também biocombustíveis e açúcar refinado.

Em 1992, aquelas quatro unidades industriais produziram o correspondente a 13 mil toneladas métricas de açúcar, volume a ser ultrapassado para cerca de 400 mil toneladas de açúcar até finais de 2011.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!