Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exportações de tabaco aumentam 4% em 2013

O volume das exportações de tabaco pela empresa Mozambique Leaf Tabacco deverá ser de 64 mil toneladas, em 2013, o equivalente a um incremento de cerca de 4% em relação a 2012.

A produção desta cultura tradicional nas exportações moçambicanas deverá ser assegurada por cerca de 90 mil produtores do sector familiar das províncias de Tete, Zambézia, Niassa e Manica, segundo Alfredo Chambule, director das relações institucionais da Mozambique Leaf Tabacco, realçando que a produção destina-se apenas à exportação para os mercados da Europa, América Latina e Ásia, principalmente.

Falando em entrevista ao Correio da manhã, Chambule disse que a crise financeira mundial ainda não afectou aquela companhia e “toda a produção é planificada em coordenação com os nossos clientes”, realçou, acrescentando que o tabaco está a ser produzido numa área de pouco mais de 50 mil hectares.

Naquelas quatro províncias, a firma emprega cerca de sete mil trabalhadores sazonais e efectivos, de acordo ainda com Chambule, cuja empresa ganhou o título de Maior Rentabilidade de Capitais Próprios, na edição de 2012 do ranking das 100 Maiores Empresas de Moçambique da companhia KPMG Moçambique.

Refira-se que aquela empresa é subsidiária da Universal Leaf Tabacco, com sede nos Estados Unidos da América, e, para além de Moçambique, ela opera também na África do Sul, Zimbabué, Zâmbia, Malaui e Tanzânia.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!