Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exportações aumentam 25% em Cabo Delgado

As exportações da província de Cabo Delgado registaram um crescimento de 25% durante os primeiros seis meses de 2011, ao atingirem cerca de 69,3 milhões de meticais resultantes da colocação no mercado externo de produtos como a madeira, pescado, algodão e sua semente, amêndoa da castanha de caju e pedras preciosas.

“O volume das exportações atingiu um valor global de 69,3 milhões de meticais dos 682,3 milhões planificados para o semestre, o que representa uma realização de 10% e um crescimento de 25%” – destacou o director provincial do Comércio de Cabo Delgado, Mateus Matusse.

Os produtos tiveram como destino o mercado asiático, ou seja China, para onde é exportada a maior parte da madeira nacional, Singapura e Indonésia, e Alemanha, segundo ainda o director provincial do Comércio de Cabo Delgado. Quanto às exportações ilegais de madeira, Matusse disse que ainda se notam casos do género, apesar de esforços visando acabar com o problema “como forma de acrescer maior valor na madeira exportada”.

Refira-se que durante o primeiro semestre de 2011 foram serrados cerca de 8451 metros cúbicos de madeira de vários tipos, contra 24.750 metros cúbicos planificados, o que representa um decréscimo de 5% e uma realização de 34%.

No mesmo período foram colectados cerca de 1297 milhões de meticais resultantes da colecta de 20% de taxa de exploração de recursos florestais junto das comunidades dos distritos de Chiúre, Montepuez, Mueda, Nagade, Mocímboa da Praia, Palma, Namuno, Meluco, Balama, Ancuabe e Muidumbe. No que diz respeito à pesca, Cabo Delgado alcançou 7,3 mil toneladas de pescado, das cerca de 14 mil toneladas planificadas, correspondentes a 27% de crescimento. Na mesma altura, Cabo Delgado comercializou 1540 toneladas de pescado, representando um crescimento de 17,2% face ao mesmo período de 2010.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!