Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Excesso de velocidade e atropelamentos continuam a matar nas estradas moçambicanas

A sinistralidade rodoviária causou 29 óbitos e 88 feridos, das quais 34 com gravidade, na semana passada, em diferentes estradas do território moçambicano. O grosso desta tragédia, que segue sem freios, teve como consequência o excesso de velocidade, com 24 casos, e os atropelamentos, com 19 registos.

De 10 a 16 de Setembro em curso, as autoridades policiais tomaram conhecimento de 40 acidentes de viação, seis dos quais resultantes da condução sob o efeito de álcool, o que, para além de constituir uma clara violação das regras de trânsito, coloca em perigo a vida do próprio automobilista e de demais utentes da via pública.

Em igual período do ano transacto houve 21 mortos e 47 feridos, das quais 18 graves, por conta de 36 acidentes de viação. Na tentativa de evitar esta desgraça, a Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou 37.262 viaturas, das quais 37 foram confiscadas por diversas irregularidades e 6.117 condutores autuados por violarem as regras de trânsito.

Para além de outras apreensões, a Polícia recolheu oito indivíduos aos calabouços por condução ilegal. O Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM) apela aos utentes da via pública para que aprimorem as medidas de segurança rodoviária e obedeçam as recomendações de trânsito com vista à redução dos acidentes de viação.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!