Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

EUA pedem oficialmente a extradição de Polanski

Os Estados Unidos pediram oficialmente na quinta-feira à noite ao governo da Suíça a extradição do cineasta franco-polonês Roman Polanski, procurado pela justiça americana pelo abuso sexual de uma menor de idade há 30 anos, anunciaram as autoridades suíças na sexta-feira.

“A embaixada dos EUA em Berna apresentou o pedido formal de extradição ao Escritório Federal de Justiça em 22 de Outubro de 2009, dentro do prazo de 40 dias estipulado pelo acordo de extradição bilateral”, afirma um comunicado oficial. Em Paris, o advogado do director, Hervé Temime, declarou à AFP que Polanski não aceitará o pedido de extradição. “Polanski não muda de direcção. Não aceitará o pedido de extradição dos Estados Unidos”, declarou Temime, sem revelar mais detalhes.

O pedido vai ser enviado agora ao cantão de Zurique, onde Polanski foi detido ao desembarcar no dia 26 de setembro para receber um prêmio no festival de cinema da cidade. Um tribunal local vai realizar uma audiência e, baseado nos resultados da mesma e das informações fornecidas pelo advogado de justiça, o Escritório de Justiça Oficial vai decidir se aceita o pedido de extradição.

Caso o pedido seja aceite, Polanski pode apelar da decisão à principal corte criminal do país. Ele também tem uma chance pequena de apela à Suprema Corte Federal. Polanski é considerado um fugitivo pelas autoridades americanas desde que escapou dos Estados Unidos em 1978, depois que admitiu ter mantido relações sexuais com uma adolescente de 13 anos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!