Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Estrada de Nacarôa em estado deplorável

No distrito de Nacarôa, província de Nampula, a intransitabilidade de estradas, algumas das quais consideradas importantes para a evolução da vida social e económica da região, está a preocupar não só às autoridades administrativas locais, como também os residentes, porquanto a situação condiciona a circulação de pessoas e bens além da comercialização de excedentes agrícolas.

Alguns residentes de Nacarôa, disseram à nossa Reportagem naquele ponto do país, que o caso mais preocupante neste momento é o corte registado na estrada regional número 697, que liga aquele distrito ao de Memba, uma via importante para a movimentação de pessoas e bens, particularmente produtos alimentares, como são os casos de peixe, mandioca, milho, entre outros.

Eu sempre trouxe peixe de Memba para vender aqui no distrito de Nacarôa, ou trocar com farinha de mandioca, porque nós aqui não temos peixe, mas hoje isso não faço porque essa estrada está totalmente paralisada em parte por falta de manutenção incluindo as pontes e pontecas, disse Manuel Ambrósio, residente em Nacarôa.

Foram muitas pessoas que lamentaram a intransitabilidade da estrada acima referida. O administrador do distrito de Nacarôa, Mário Pombi, que confirmou a paralisação da circulação na referida estrada, por se encontrar em estado acelerado de degradação, mostrou-se igualmente preocupado com a situação. Como governo também estamos muito preocupados.

A estrada encontra-se intransitável, principalmente entre as zonas de Mucoco e Mael. Mesmo com carros de tracção a quatro rotas não é possível transitar nessa estrada. Na realidade, o caso tornase mais preocupante quando se sabe que é um estrada regional, que liga os distritos de Nacarôa e Memba, anotou Pombi. Neste momento estamos a juntar recursos financeiros e vai-se lançar um concurso para se reabilitar algumas vias.

Há um trabalho que estamos fazer junto dos líderes comunitários para que estes se responsabilizem pela manutenção das vias que beneficiam as suas comunidades. Onde há casos graves é aí onde vamos intervir”, salientou aquele responsável. A degradação acelerada de estradas de Nacarôa afecta também as da vila sede distrital.

Para estas, segundo Mário Pombi, já há orçamento para a sua reabilitação. O distrito de Nacarôa conta com uma rede de estradas de 773 quilómetros, todas terraplanadas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!