Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

‘Estado a dar duros golpes à corrupção e desvio de fundos’

O Procurador Geral da República, Augusto Paulino, reivindicou, esta segunda-feira, avanços da sua instituição na luta contra os crimes de corrupção e desvio de fundos do Estado. Sem avançar dados, Paulino disse que a PGR está em franco progresso nesta luta, de tal forma que os “inquéritos de instituições especializadas nesta matéria começam a admitir o nosso desempenho positivo”.

“Não é momento para dizermos, de forma alguma, que colocamos a corrupção na defensiva, mas seria injusto não reconhecer que estamos dando duros golpes à corrupção”, realçou Paulino no seu discurso da abertura da IV sessão ordinária do Conselho Coordenador da instituição que dirige.

 

Segundo o PGR “a existência de processos julgados, que começou a ser uma realidade notável desde o ano transacto, mostra de forma inequívoca a emergência os resultados da organização e reorganização da nossa instituição, com destaque para o instrumento operativo da PGR, que é o Gabinete Central de Combate à Corrupção”, salientou.

Por seu turno, a Governadora da Província do Maputo, Maria Jonas, reconheceu os avanços e resultados do desempenho da PGR, contudo, manifestou-se preocupada com os níveis de corrupção ao nível da área que dirige.

“A corrupção constitui uma das maiores preocupações da província do Maputo e gostaríamos de ver os resultados reflectidos no Plano Estratégico da PGR”, disse Maria Jonas, sem, no entanto, avançar dados sobre a matéria.

O Conselho Coordenador em curso reúne quadros superiores do Ministério Público e instituições subordinadas e até ao seu términos, agendado para quarta-feira, vai aprovar as propostas dos projectos de Planos Estratégicos da PGR e do Gabinete Central de Combate à Corrupção.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!