Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Estádio Soccer City

O desenho do Soccer City foi inspirado no calabash, o tradicional pote artesanal muito usado em África em cerimónias tradicionais. Quando usado para se beber, o calabash é passado de uns para os outros, e daqui vem a ideia de integração, de inclusão que os organizadores do Mundial querem passar: que todos os africanos participem na festa do futebol.

Localizado no sudoeste de Johanesburgo, o Soccer City fica a uma pequena distância de Soweto, distrito onde estão alguns dos adeptos mais fanáticos da África do Sul. Com as luzes ligadas, durante a noite, quem olhar para o estádio de fora terá a ideia de uma festa à volta da fogueira. Apesar do cheiro a novo, o Soccer City já testemunhou importantes episódios da história da África do Sul; foi lá onde Nelson Mandela fez o seu primeiro discurso após sair da prisão, em 1990, e onde, três anos depois, milhares de pessoas se emocionaram com o funeral do activista político assassinado Chris Hani.

Mas o estádio também já foi palco de episódios desportivos festivos para os sul-africanos, como a final da Copa das Nações Africanas, em 1996, em que a selecção nacional derrotou a Tunísia por 2 a 0 e se sagrou campeã.


Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!