Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Esforço político e diplomático tornou Moçambique referência mundial

O Primeiro-Ministro (PM), Aires Ali, destacou que Moçambique é hoje uma referência no mundo graças ao esforço político– diplomático e do trabalho árduo de todo o povo.

Segundo ele, este esforço dos moçambicanos também se reflecte nas frentes económica, social, cultural e desportiva. O Primeiro Ministro disse que estes sinais positivos e encorajadores impõem que se mantenha o clima da paz, o garante do aumento da produção e da produtividade em qualquer ramo de actividade.

Falando, Quarta-feira, em Maputo, na Assembleia da República (AR), o Parlamento moçambicano, o Primeiro Ministro referiu que “só com a paz poderemos capitalizar os investimentos que o país acolhe e melhorarmos a nossa prestação no desenvolvimento de Moçambique”.

O Primeiro Ministro disse não ser ao acaso que Moçambique tem sido hospedeiro de altas individualidades oriundas de todos os quadrantes do mundo e que se interessam “pelas nossas causas, nutrem simpatias pelo povo moçambicano e fazem prospecção ao ambiente de negócios que vai sendo cada vez mais favorável ao investimento”.

Na ocasião, Aires Ali disse ser jubilante a existência, no país, de recursos naturais que reforçam a esperança e confiança na vitória contra a pobreza.

Por outro lado, o Primeiro Ministro salientou a importância do empenho de todos os moçambicanos para que isto tudo não regrida, frisando que o sucesso de qualquer programa depende fundamentalmente do empenho, criatividade e auto–estima de todos.

“O sucesso de qualquer programa de acção, ao nível da governação, depende, em primeiro lugar, do envolvimento do cidadão, do trabalhador e da ampla divulgação desses programas, dos seus objectivos e da necessidade da participação, com criatividade e auto-estima, de cada um dos moçambicanos”, afirmou Aires Ali.

O governo, encabeçado pelo Primeiro Ministro, foi ao Parlamento responder a um vasto leque de perguntas feitas pelas três bancadas parlamentares, nomeadamente a Frelimo, a Renamo e o Movimento Democrático de Moçambique (MDM).

As perguntas abrangem vários domínios, como é o caso das zonas económicas especiais, transportes, comercialização agrícola, agua, saúde, educação, comunicação social, descentralização, entre outros.

Na ocasião, Aires Ali reconheceu a pertinência das questões levantadas em torno destes domínios, indicando que elas estão no centro das atenções do Governo e encontram respostas adequadas no quadro da implementação do Programa Quinquenal (2010-2014).

O Governo volta, esta Quinta-feira, ao Parlamento para responder as insistências dos deputados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!