Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Erro de pilotagem encalha petroleiro no Porto da Beira

Um petroleiro ficou encalhado durante algumas horas no canal de acesso ao Porto da Beira, último sábado, 12 de Março de 2011. Uma fonte da empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique – CFM, na Beira, disse ao nosso jornal que o incidente foi provocado por erro do piloto que levou o navio para além dos limites do canal. A fonte lamentou que tal tenha ocorrido numa altura em que o canal de acesso ao Porto da Beira está a beneficiar de trabalhos de dragagem de grande envergadura.

São no total 43 milhões de euros que foram disponibilizados para custear a dragagem em curso, a cargo da empreiteira holandesa Van Oord. A dragagem em curso que vai permitir o Porto da Beira receber navios de grande calado, já cumpriu mais de metade do previsto.

Na sequência dos trabalhos em curso a largura do canal já deve rondar entre 130 e 200 metros, com uma profundidade de 9 a 12 metros. “Não se explica nas condições actuais navios continuarem a encalhar no Porto da Beira. Isso pode por em causa a imagem do porto e da empresa que está a realizar a dragagem” – afirmou a nossa fonte, para quem a culpa só pode ter sido do piloto indicado para levar o navio ao cais.

Os navios quando chegam a barra o comando passa para pilotos dos CFM que tem a responsabilidade de levar as embarcações até a tracagem no cais. O mesmo sucede no processo de retirada. A nossa fonte indicou que o piloto que encalhou o navio no sábado não está dotado de experiência suficiente para dirigir sozinho, até porque segundo nos disse a embarcação nem era tão grande.

Consta que o piloto em causa era a terceira vez que dirigia navio sozinho, gozando da confiança do chefe dos pilotos, identificado por capitão Manico. O referido chefe dos pilotos foi que mais tarde foi assumir o comando do navio, tendo conseguido remover e conduzido a embarcação até ao cais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!