Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Entregues prémios aos vencedores das Olimpíadas de Informática

O Ministério da Ciência e Tecnologia procedeu, esta Segunda-feira, no Maputo, à premiação dos estudantes vencedores da 6ª edição das Olimpíadas de Informática, realizada, ano passado, com o objectivo de estimular o interesse dos alunos pelas ciências exactas e capacitá-los no uso das tecnologias de informação e comunicação.

Hugo Rocha, estudante da Escola Secundária Josina Machel, no Maputo, foi o vencedor das Olimpíadas de Informática.

O segundo e terceiro lugares ficaram com os estudantes Sheldon Domingos, da Escola Secundária da Polana, e Fernando Armando, da Escola Secundária Estrela Vermelha, respectivamente.

Falando na ocasião, Casimiro Balane, director da Tecnologias de Informação da mcel, patrocinador do concurso, disse que “a mcel é parceira deste projecto desde 2007 e apoia o concurso de Matemática via internet (Equamat) e Olimpíadas de Informática realizados anualmente à escala nacional, como consequência lógica do seu papel interventivo no domínio das acções de responsabilidade social corporativa”.

“Para esta 6ª edição, comparticipámos na premiação dos vencedores das Olimpíadas de Informática, disponibilizando laptops para os primeiros dez classificados e telemóveis para os segundos classificados, e este ano iremos igualmente oferecer um computador e uma impressora multifuncional para a Escola Secundária Francisco Manyanga, vencedora do primeiro lugar desta edição na cidade e província do Maputo”, referiu Casimiro Balane.

Por seu turno, Gertrudes Macuácua, em representação do Ministério da Ciência e Tecnologia, disse que “agradecemos à mcel e à MOZAL pelo apoio que têm sempre prestado a estes concursos anualmente e pelo reconhecimento que têm dado à importância da disseminação das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) no ensino”.

“Acreditamos que, juntos, podemos rumar no encurtamento do fosso digital e tornar Moçambique num exemplo na massificação das TICs, a todos os níveis”, finalizou Gertrudes Macuácua.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!