Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Entrada de turistas em baixa

O número de turistas que visitou Moçambique em 2010 registou uma queda de 28 por cento face ao ano anterior, situando-se em 1.717.895, segundo dados apresentados, segunda-feira, em Maputo, a capital do país.

Em 2009, Moçambique registou a entrada de 2.386.226 turistas maioritariamente provenientes de países vizinhos como a África do Sul, Malawi, Zimbabwe e Swazilandia, bem como dos Estados Unidos da América, Reino Unido, Portugal e Alemanha.

O Ministro do Turismo, Fernando Sumbana, disse a jornalistas, a margem do VIII Conselho Coordenador do ministério, que estes números são preocupantes, uma vez que o ano de 2010 foi de grande actividade para o sector.

Sumbana acredita que estes números podem ser resultado da não contabilização de alguns dados entregues tardiamente por algumas províncias e frisou que procurará entender o que terá acontecido.

“Estes ainda são números de gestão interna do Instituto Nacional de Estatística. Vamos procurar saber o que terá acontecido uma vez que a percepção que nós tínhamos, no contacto com os operadores, era de que estávamos a ter um bom desempenho no sector durante o ano 2010. Há províncias que demoram entregar os dados e isso pode ter ditado estes resultados”, afirmou o Ministro Sumbana.

A crise financeira internacional e as manifestações de 1 e 2 de Setembro de 2010, ocorridas na capital moçambicana, podem ter tido impacto na vinda de turistas ao país.

O Ministro reconhece o facto e sublinha que “as manifestações, naturalmente, tiveram o seu impacto, mas de curto prazo. As reservas que tinham sido feitas para aquela semana ou para as duas semanas subsequentes podem ter sido canceladas porque os visitantes teriam se retraído”.

De acordo com os dados em referência, em 2010, quase todos os países, com excepção dos Estados Unidos e do Malawi, registaram redução no número de turistas que visitou Moçambique.

Só para citar alguns exemplos, o número de turistas sul-africanos que visitou Moçambique em 2009, diminuiu de 1.288.819 para 946.583, em 2010, o número de alemãs baixou de 43.252 para 23.409, os britânicos passaram de 58.450 para 50.420 e os portugueses de 85.267, em 2009, para 25.810, já em 2010.

Apesar destas reduções, os que visitaram o país aumentaram o tempo de permanência de 4 dias, em 2008, para 7 em 2010, e os gastos efectuados subiram de 188 dólares norte-americanos (USD) por dia para 287 USD.

No ano 2010, o país arrecadou, com o turismo internacional, 197.3 milhões de Dólares Norte-americanos, o que representa uma variação positiva de 0.9 por cento em relação a 2009.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!