Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ensino técnico profissional melhora formação prática

Os estudantes de vários cursos do ensino técnico profissional e vocacional passam a contar com uma formação prática que vai complementar o conhecimento teórico adquirido durante a frequência do nível.

Para o efeito, o Ministério da Educação (MINED) e o Centro de Formação Profissional Metalomecânica (CFPM) assinaram, sexta-faira, em Maputo, um memorando de entendimento, por tempo indeterminado, que estreita a parceria no domínio da formação profissional.

O memorando foi rubricado pelo ministro do pelouro, Zeferino Martins, e pelo Presidente do Conselho de Administração (PCA) do CFPM, Félix Manhique, numa cerimónia em que contou com a presença de quadros das duas entidades.

Discursando na ocasião, Martins afirmou que o estabelecimento desta parceria contribuirá para melhorar a resposta à elevada demanda que recai sobre o ensino técnico – profissional, dados os desafios emergentes do desenvolvimento.

“O ministério da educação vai acomodar, com o apoio do centro, as necessidades de conhecimento prático para os jovens formados nas diversas escolas do ensino técnico profissional e vocacional que estão em crescimento dadas as necessidades de desenvolvimento industrial”, disse Martins.

O ministro disse, por outro lado, que o CFPM goza de um elevado prestígio no mercado por formar quadros para grandes desafios na área da indústria, aliás ali foram formados vários professores em mecânica e electricidade para, mais tarde, replicar o conhecimento nas escolas.

O CFPM vai, segundo o ministro, ajudar o ministério a aumentar a capacidade de resposta no domínio técnico profissional.

Amós Matsinhe, administrador do centro, disse, por seu turno, que o desenvolvimento do centro exige a existência de quadros qualificados e esta parceria ajudará a melhorar os serviços de formação.

O CFPM tem vários cursos que entre eles a electricidade, mecânica, soldadura, serralharia, informática, gestão administrativa entre outros.

Aliás, o centro planeia introduzir em 2011 o curso de instalação e canalização de sistemas de redes de gás.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!