Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresas chinesas querem pesquisar minerais em Moçambique

Empresas chinesas querem pesquisar e prospectar minerais tais como calcário, argila e ouro em Moçambique. Tais empresas já solicitaram ao Ministério dos Recursos Minerais (MIREM) licenças para a pesquisa e prospecção destes minerais.

 

 

Segundo a agência de notícias Macauhub, as empresas “Africa Great Wall Cement Manufacturer” e a “China – Mozambique Cement & Development Company” já submeteram os seus pedidos.

A “China – Mozambique Cement & Development Company” solicitou ao MIREM licença para pesquisa e prospecção de calcário no distrito de Buzi, província de Sofala, no Centro do país.

Enquanto isso, a empresa “Africa Great Wall Cement Manufacturer” pretende fazer a prospecção de argila no distrito de Magude, na província de Maputo, Sul de Moçambique.

Por seu turno, a empresa Sogecoa Moçambique solicitou licenças para prospecção de ouro nos distritos de Chifunde e Gorongosa, nas províncias de Tete e Sofala, também no Centro de Moçambique.

A China International Fund e a SPI criaram a CIF-Moz empresa que efectua a pesquisa de argila e ferro naqueles distritos.

Os trabalhos efectuados pela CIFMoz concluiram que existem condições para a instalação de uma fábrica de cimento no distrito de Matutuíne, num investimento de cerca de 35 milhões de dólares.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!