Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresa mineira contrata força da marinha de guerra

Uma força especial da Marinha de Guerra acaba de ser montada na mina de Topuito, distrito de Moma, para salvaguardar os interesses da empresa Kennmare Resources, Lda, sociedade anómina irlanadesa que se dedica à exploração de ilmenite, rutilo e zircão naquela região.

O facto foi confirmado em exclusivo ao Wamphula Fax pelo director provincial de Recursos Minerais, Moíses Paulino, que considera a iniciativa oportuna e factor determinante no concernete à prevenção de combate a eventuais situações de pirataria.

De acordo com Moíses Paulino, a empresa possui embarcações para a exportação de mineirais a partir de Moma que podem ser piratadas e que,portanto, justificam esta tomada de medidas de precaução.

Recorde-se que, a 27 de Dezembro do ano passado, uma embarcação pesqueira moçambicana, denominada “Vega 5”, foi sequestrada por piratas quando se encontrava a navegar junto à costa do arquipélago de Bazaruto.

Entre os 24 tripulantes do barco contavam-se 19 moçambicanos, três indonésios e dois espanhóis. Actualmente, Moçambique está a patrulhar as suas águas territoriais com recurso ao navio “Kuswag I” financiado pela Noruega. O mesmo destina-se à fiscalização da pesca ilegal na costa moçambicana.

Enquanto isso, a vizinha África do Sul é citada como tendo destacado uma fragata para patrulhar o Canal de Moçambique, entre Madagáscar e a Costa Oriental de África, uma região que nos últimos meses tem sido alvo de ataques perpetrados por piratas somalis.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!