Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresa brasileira introduz inovações em Moçambique

A empresa brasileira Serviços Aéreos Industriais (SAI) projecta entrar no mercado moçambicano a partir de 2013, para operar no sector de Topografia Aérea via Laser, a primeira tecnologia do género a ser aplicada no país para projecção de obras públicas e industriais.

Ela tenciona ainda fazer trabalhos de levantamento topográfico de áreas públicas e industriais em Moçambique, segundo o director-geral da SAI, Ricardo Araújo, segundo o Correio da manhã.

A decisão daquela firma, de investir em Moçambique, foi tomada depois da visita de quadros seniores da SAI ao país, integrados numa missão empresarial brasileira que, em Novembro de 2011, se deslocou ao Maputo para explorar novas oportunidades de negócios.

Moçambique deverá tornarse, assim, no primeiro país africano a beneficiar de investimentos daquela firma, de acordo ainda com Araújo, ajuntando que a escolha do país tem a ver com o facto de oferecer “promissor e rápido crescimento do parque industrial, atraído pelas enormes potencialidades mineiras de Moçambique”.

Sabe-se, entretanto, que o maior fluxo do investimento brasileiro em Moçambique deve-se ao trabalho de divulgação das suas oportunidades pela Câmara de Comércio Moçambique/Brasil.

As províncias do Maputo, Tete e Nampula são as primeiras regiões onde aquela companhia brasileira poderá iniciar as suas actividades em Moçambique, acrescentou ainda Ricardo Araújo, salientando que a sua entrada no mercado nacional visa também “acompanhar o progresso que se assiste nos sectores de construção civil e imobiliário”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!