Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Egipto diz ter matado 98 militantes em operação no Sinai

Forças de segurança egípcias mataram 98 militantes no Sinai durante uma operação militar recente, afirmou o Exército nesta sexta-feira.

Não foi possível confirmar de forma independente o número. O Egipto luta contra rebeldes que ganhou ritmo depois que o Exército derrubou o presidente Mohamed Mursi, do movimento islâmico Irmandade Muçulmana, em meados de 2013, após protestos de multidões contra seu governo.

Os rebeldes, apoiados pela filial egípcia do Estado Islâmico, já matou centenas de soldados e policiais e começou a atacar alvos ocidentais. No último confronto, quatro soldados egípcios foram mortos, segundo o Exército.

O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, descreve a militância islâmica como uma ameaça existencial para o Egipto, o país árabe mais populoso e um aliado próximo dos Estados Unidos.

O Estado Islâmico controla grandes partes do Iraque e da Síria, tem uma presença na Líbia e conta com o apoio de militantes no Egito que querem derrubar o governo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!