Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Educação deve mais de 47 milhões aos professores em Nampula

O sector da Educação em Nampula deve mais de 47 milhões de meticais de horas extras aos professores de diversas escolas, facto que está a inquietar a Organização Nacional dos Professores (ONP), que suspeita que algum gestor esteja a dificultar o processo de pagamento.

André Jana, da ONP, disse ao @Verdade que tem conhecimento de que há cabimento orçamental para os docentes receberem o dinheiro em causa, mas não se percebem os motivos que impedem o andamento do processo. Trata-se de uma situação que afecta todos os distritos de Nampula, sobretudo Nacala-a-Velha e Mecubúri.

Outro problema que inquieta os profissionais tem a ver com a lentidão que se verifica na nomeação de funcionários no Aparelho do Estado e estima-se que mais de 10 mil docentes aguardam pela tramitação dos seus expedientes há mais de dez anos.

De acordo com as estatísticas da Educação, a província de Nampula conta com 26.625 pedagogos e outros funcionários do mesmo sector, dos quais apenas 14.292 estão com a situação regularizada.

André Jana disse que a maior parte dos abrangidos tem idades superiores a 35 anos, o que significa que já não pode ser nomeada para o Aparelho do Estado. Isso viola o previsto no número cinco do artigo 13 do Estatuto Geral dos Funcionários e Agentes do Estado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!