Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Educação chave para empoderamento da mulher – Maria Guebuza

A Primeira- Dama moçambicana, Maria da Luz Guebuza, reiterou esta terça-feira, em Nova Deli, que o sucesso do empoderamento da mulher passa pela educação da rapariga. Falando durante uma visita a “Indicare Trust”, uma organização não governamental indiana, a esposa do Presidente da República disse ser importante o empoderamento da mulher para a erradicação da pobreza.

“O empoderamento da mulher é também um desafio para Moçambique”, disse Maria da Luz Guebuza, durante a sua visita a esta organização vocacionada ao apoio de mulheres destituídas, acrescentando que “como sabem, a pobreza tem o rosto na mulher e da criança. Por isso, nós, como mães, devemos empoderar a mulher para que as crianças saiam da pobreza”.

Na sua intervenção, Guebuza disse que, apesar da redução dos índices de analfabetismo em Moçambique, a alfabetização e educação de adultos ainda constitui um dos maiores desafios do governo. Segundo ela, o problema de analfabetismo em Moçambique é agravado por algumas práticas culturais que relegam a mulher ao segundo plano, pois muitos pais dão maior prioridade aos rapazes, em detrimento das raparigas. Por isso, o seu gabinete, o Governo e diversas organizações não governamentais têm estado a realizar campanhas de educação da rapariga, com vista a reduzir o fosso do género na alfabetização e educação no geral.

“A mulher é a chave para o desenvolvimento de uma sociedade. É ela que no dia-a-dia está com as crianças, merecendo, por isso, o nosso apoio”, disse. Nesse desafio, a Primeira-Dama defende a importância da cooperação da Índia que, apesar de enfrentar os mesmos desafios no que concerne ao empoderamento da mulher, é um país avançado nesta área.

Um dos exemplos do sucesso da Índia nesta área são os projectos implantados por organizações tais como a “Indicare Trust”, que conta com financiamentos do Governo para a condução de programas de micro-finanças de empoderamento da mulher, alguns dos quais até criam emprego para homens. Estes programas incluem a produção de lanches escolares, cujo impacto se revela na retenção das crianças na escola.

Outros projectos estão associados a produção de artigos de artesanato que constituem fonte de rendimento de várias famílias pobres residentes em diversos Estados indianos, bem como nos subúrbios de Nova Deli. A delegação da Primeira-Dama, que se encontra de visita a Índia, ficou impressionada com o projecto, que também poderá replicado em Moçambique através de iniciativas público/privada.

Ainda na terça-feira, segundo dia da sua estada na Índia, Maria da Luz Guebuza visitou o museu da herói e nacionalista indiana Indira Gandhi, e manteve encontros com a ministra de Estado das Relações Exteriores daquele país asiático, Preneet Kaur, e a membro da Comissão Nacional da Planificação, Syeda Mameed. Durante os encontros, ambas as partes manifestaram a sua vontade de estreitar os laços de cooperação entre os dois países.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!