Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Edilidade anuncia medidas contra abandono de animais

As autoridades municipais da cidade de Nampula serão implacáveis, a partir de Junho próximo, em relação aos animais de pequeno porte, sobretudo cães e cabritos, que forem encontrados a vaguear soltos nas comunidades e vias urbanas.

Segundo Castro Namuaca, presidente do Conselho Municipal de Nampula, que trabalhou recentemente nos postos administrativos urbanos de Napipine e Carrupeia, a decisão visa garantir o cumprimento da postura camarária, contribuindo, deste modo, para a redução dos acidentes de viação que, em alguns casos, são provocados por animais que deambulam a esmo na via pública.

De acordo com o edil, os animais apreendidos serão encaminhados ao sector da fiscalização, onde os legítimos proprietários poderão reavê-los mediante o pagamento de uma multa estipulada para o efeito, de valor intencionalmente elevado para desencorajar a reincidência deste tipo de infracções.

A questão da proliferação de caprinos e suínos, sobretudo nos arredores do município, foi denunciada pelos moradores do bairro de Carrupeia, que se manifestaram desgastados com a destruição de grande parte dos seus campos de produção protagonizada por aqueles animais.

Outra inquietação apresentada ao presidente do Município relaciona-se com o recrudescimento da onda de criminalidade nos últimos tempos, que tem criado intranquilidade nas comunidades.

Em resposta, Castro Namuaca observou que o combate contra a criminalidade no seio dos munícipes passa pelo envolvimento de todos na vigilância comunitária por forma a garantir a manutenção da ordem e tranquilidade públicas.

Nos encontros mantidos na circunstância, no âmbito do acompanhamento da saúde pública nas comunidades, o autarca referiu, por outro lado, que, depois da conclusão do projecto de vedação dos cemitérios familiares que circundam a urbe, a aposta da edilidade incidirá no reordenamento dos bairros e na expansão do sistema de abastecimento de água potável.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!