Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bundesliga: Dortmund sofre, vence e fica perto da taça

Depois da “final antecipada” diante do Bayern de Munique, última Quarta-feira, o Borussia Dortmund teve outro compromisso duro, este Sábado, na abertura da 31ª rodada do Campeonato Alemão, e fechou a semana com uma vitória por 2 a 1 em Gelsenkirchen, abrindo oito pontos de vantagem em relação ao Bayern de Munique, que não saiu do zero e empatou sem golos com o irregular Mainz 05, no Estádio Allianz Arena, em Munique.

O ‘Clássico do Vale do Ruhr’ foi acirrado, principalmente na primeira parte, mas resolvido nas jogadas individuais dos visitantes, que marcaram com Kehl e Pizscek.

Enquanto comemora a vitória, o Borussia aguarda o compromisso do Bayern de Munique diante do Mainz no complemento da rodada. A três partidas do fim, uma derrota pode ser fatal para a equipe bávaro.

Agora com 72 pontos, o Borussia Dortmund recebe o xará de Monchengladbach na antepenúltima rodada do Alemão apenas no próximo sábado, quando pode confirmar o bicampeonato, dependendo dos resultados.

Já o Schalke 04, do espanhol Raúl, desiludido com a perda de chances de título, visita o ameaçado Augsburg. Com o empate, o Bayern de Munique vai aos 64 pontos e mantém-se na segunda colocação.

Próximo Sábado, às 10h30, a equipe da Baviera volta ao campo pelo Campeonato Alemão diante do Werder Bremen, que ainda luta pela vaga em competições europeias, no Weserstadion.

O jogo

Com rendimento abaixo do esperado e do apresentado até o momento no Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund limitou-se a contra-atacar na primeira parte, sem criatividade para armar as suas próprias jogadas.

A estratégia era simples: esperar que os jogadores do Schalke se cansassem de pressionar e não marcar. O problema é que o Schalke 04 marcou o primeiro golo, aos oito minutos da primeira parte, quando Farfan aproveitou-se duma bola rebatida para chutar no canto de Weindenfeller e abrir a contagem.

Menos de dez minutos depois, no entanto, a defesa da equipe anfitrião não resistiria depois do chute forte de Pizscek de pé esquerdo, no ângulo de Unnerstall.

Bayern fica no zero

O jogo começou “morno”, com os mandantes a buscarem o ataque, mas parando na forte marcação do meio-campo adversário.

Nos últimos minutos da primeira parte, o Bayern acelerou o ritmo e teve a oportunidade de marcar o primeiro golo duas vezes, mas a trave e a boa defesa do guarda-redes Heinz Müller salvaram a equipe do Mainz 05.

Já a segunda etapa foi marcada por uma postura mais defensiva ainda dos visitantes, que passaram a apostar somente nos contra-ataques armados por Nicolai Müller e Marco Caligiuri, que levaram perigo com lançamentos longos para a área do Bayern.

Arjen Robben e Toni Kroos também ameaçaram a meta adversária em chutes de fora da área nos minutos finais, mas as chances do Bayern, vaiado depois do apito final pelos 69 mil adeptos pararam por aí.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!