Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Donativos e remessas de mineiros asseguram cinco meses de importações

Donativos, empréstimos externos e remessas de mineiros moçambicanos na África do Sul constituíram suporte principal de reservas externas líquidas moçambicanas que garantiram uma média mensal de cinco meses de importações feitas entre os meses de Janeiro e primeira quinzena de Junho de 2012.

Dados avançados pelo Banco de Moçambique (BM) indicam que no fecho da primeira quinzena de Junho de 2012, o saldo das reservas internacionais líquidas foi de 2259,9 milhões de dólares norte-americanos, valor equivalente a uma variação nula quando comparado com o fecho da última quinzena do mês de Maio de 2012.

Ganhos cambiais líquidos no valor de 9,1 milhões de dólares, entrada de fundos a favor de projectos diversos do Governo no montante de USD 6,9 milhões e desembolso de donativos da Austrália e França para apoio directo ao Orçamento do Estado e a Balança de Pagamentos no valor de 5,6 milhões de dólares foram movimentos efectuados que tiveram impacto maior no saldo das reservas externas da primeira quinzena de Junho, segundo ainda o BM.

No fecho da segunda quinzena de Maio último, o saldo das reservas líquidas externas foi de 2238 milhões, correspondente a uma constituição líquida de 67,4 milhões de dólares relativamente ao fecho da quinzena anterior, justificado pelo desembolso do Banco Mundial para o apoio directo ao Orçamento, sob forma de empréstimo no valor de 108,8 milhões de dólares, entrada de fundos a favor de projectos diversos do Governo de 20,7 milhões de dólares e de 11,2 milhões de dólares da Holanda.

No período em análise, os mineiros moçambicanos enviaram remessas dos seus rendimentos no valor de 5,5 milhões de dólares.

De Janeiro à primeira quinzena de Junho de 2012, refira-se, o saldo de reservas internacionais líquidas passou, em média, de 2101 milhões de dólares para 2250 milhões de dólares.

Refira-se ainda que juros líquidos de aplicações de activos no exterior e ganhos cambiais potenciais são outras fontes de constituição dos saldos de reservas internacionais líquidas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!