Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dois Iranianos condenados à prisão no Quénia por conspiração terrorista

Um tribunal queniano condenou, Segunda-feira (7), dois cidadãos iranianos à prisão perpétua por tentativa de ataque terrorista em Junho de 2012 no país.

Acusados de detenção de explosivos, Sayed Mousavi e Ahmed Mohammed vão passar o resto das suas vidas na prisão. O presidente do tribunal de Nairobi, Waweru Kiarie, decidiu que as provas reunidas pelo procurador mostram com certidão que os condenados detinham poderosos explosivos que podiam destruir um grande edifício.

“Tremi na ideia da amplitude das perdas em vidas humanas e danos materiais que teriam sido registados”, declarou o presidente do tribunal antes de pronunciar o veredito.

Ele rejeitou as circunstâncias atenuantes solicitadas pelos advogados de defesa, ordenando à Polícia destruir sem prazo os explosivos encontrados nos dois homens.

Eles foram encontrados na posse de 15 quilogramas de explosivos RDX em circunstâncias que a Polícia promete encarar novos ataques terroristas.

Eles foram detidos em Junho de 2012 num campo de golfe, em Mombasa, a segunda cidade do Quénia.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!