Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Diversificar fontes de produção para conter custo de vida

O Ministério de Planificação e Desenvolvimento (MPD) defende a diversificação das fontes de produção, sobretudo, de combustíveis como sendo a melhor solução para conter o elevado custo de vida imposto aos moçambicanos pela crise financeira internacional.

Sousa Cruz, do Ministério de Planificação e Desenvolvimento, ao defender esta posição hoje no programa radiofónico “Café da Manha” da Rádio Moçambique, explicou que a crise financeira vai exercer pressão em todos os sectores devido ao aumento dos preços de combustíveis e de produtos importados.

Para minorar o impacto desta crise que afecta todos os países do mundo, segundo Sousa, o Governo deverá continuar a subsidiar os preços de alguns produtos alimentares como pão, tomate, cebola, batata, entre outros. Sousa Dias reconheceu que Moçambique poderá passar por enormes dificuldades nos próximos tempos devido ao agudizar da crise.

Na ocasião, o interlocutor adiantou que esta não será a primeira vez que o país passará por situações do género, pois o que importa e’ saber como enfrentá-la e sair-se a semelhança das ocasiões anteriores.

A fonte disse que existe um esforço por parte do Governo e seus parceiros de melhorar os salários, tendo destacado que a diferenciação que se verifica surge por causa dos diferentes escalões de formação existentes no seio da massa laboral.

“Esta diferenciação não deve basear se apenas na formação académica. Deve também apoiar-se no desempenho de cada um”, reconheceu Sousa Cruz, destacando que a única forma para o aumento do salário e aumentar a produtividade.

O Governo moçambicano está a implementar, desde 2010, medidas de contenção de despesas que permitiram a contenção da subida dos preços dos produtos básicos e a disponibilidade de recursos para mitigar os aumentos dos preços.

As medidas do lado da despesa consistiram no congelamento das reservas orçamentais para bens e serviços, compra de passagens aéreas, pagamento de ajudas de custo para dentro e fora do país, suporte das comunicações, entre outras.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!