Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Distrito de Boane em vias de perder estatuto de “celeiro” de Maputo

O distrito de Boane, na província de Maputo, poderá deixar de ser o principal fornecedor de produtos agropecuários às cidades de Maputo e Matola e alguns distritos da mesma província devido ao crescimento do parque habitacional erguido sobre campos agrícolas da região.

Segundo o jornal Correio da manhã, o administrador daquele distrito, Zeferino Cavele, que revelou a informação, não estimou o número de novos fogos habitacionais em construção, mas estimou em cerca de 300 mil toneladas a quantidade de produtos agrícolas diversos que era atingida antes desta situação.

Esta quantidade tende a baixar devido à “ocupação de áreas de cultivo para construção de infrestruturas habitacionais promovidas por pessoas saídas da cidade de Maputo, principalmente”, realçou Cavele.

O dirigente indicou, por outro lado, que grande parte dos produtores agrícolas da zona dedica-se à produção de banana destinada ao consumo interno e exportação, para além do cultivo de hortícolas, tubérculos, fruteiras e o desenvolvimento da pecuária como outras actividades largamente praticadas no distrito.

No entanto, devido também ao aumento da densidade populacional em Boane, estão a aumentar “conflitos entre as populações para a obtenção dos recursos naturais disponíveis”, acrescentou aquele dirigente.

Refira-se que o distrito de Boane tem uma área de 820 quilómetros quadrados ocupada por cerca de 66.500 habitantes. A área cultivada pelo sector familiar é de 7451 hectares que corresponde a 9,1% do total do espaço do distrito.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!