Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Discórdia na divisão de dinheiro quase acaba em morte em Maputo

Duas irmãs que respondem pelos nomes de Saugina Alberto e Rosita Alberto travaram um forte discussão na manhã de quinta-feira (28), no periférico bairro de Hulene, na capital moçambicana, em virtude de uma desavença na divisão do dinheiro deixado pelo pai, ora falecido, o que fez com que a mais nova tentasse um suicídio com recurso a garrafas esmagadas.

Rosita Alberto contou que nas vésperas do desaparecimento físico do seu progenitor, este deixou um cartão bancário com certo crédito cujo montante não nos foi revelado e instruiu a filha mais velha, Saugina Alberto, para que gerisse o montante de forma responsável com vista a garantir a sobrevivência da família.

Segundo os vizinhos, as coisas andavam bem até a altura em que Rosita Alberto voltou do lar com os filhos e, para além de querer saber como é que a irmã administrava os fundos, exigia que lhe fosse entregue uma parte para gerir pessoalmente e pretendia instalar uma banca de venda de produtos.

Atendendo o pedido de Rosita, Saugina desembolsou uma quantia e aplicou o outro valor na melhoria da casa de banho, que já não oferecia condições para ser usada condignamente. Volvido algum tempo houve uma outra exigência de dinheiro, o que colocou as duas irmãs de costas voltadas.

Rosita alegou que a sua irmã Saugina não gosta dela por conta dos filhos, pois na sua opinião eles deviam ter ficado no lar. “Com o dinheiro deixado pelo nosso pai não me compram nada nem me dão comida. Esmaguei as garrafas para eu tomar”, disse a jovem, sem se nenhum arrependimento e tão-pouco compaixão pelos que filhos teriam ficado órfãos e, por conseguinte, deixados à sua sorte caso a mãe não tivesse sido impedida de cometer tal loucura.

Os vizinhos testemunharam ainda que a família não tem uma boa convivência devido ao tal dinheiro e vive em constantes brigas, sobretudo por causa das lamentações de Rosita, que se queixa de exclusão.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!