Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Diminuem conflitos laborais em Tete

Os conflitos laborais na província de Tete diminuiram consideravelmente nos últimos meses, comparativamente aos períodos anteriores, fruto do trabalho de sensibilização e aconselhamento levado a cabo pela Inspecção do Trabalho e pelo Centro Provincial de Mediação e Arbitragem Laboral (CMAL) junto às empresas.

No mês de Julho, o CMAL de Tete recebeu 75 solicitações de mediação envolvendo litígios laborais entre trabalhadores e entidades patronais ou empregadoras de diversos sectores de actividade, contra 147 casos que tinham sido recebidos em igual período de 2012, de acordo com um comunicado de Imprensa enviado ao @Verdade.

Dos 75 casos em alusão, 31 tiveram consensos entre as partes envolvidas e não precisaram de ser dirimidos pelo tribunal, enquanto 18 resultaram num impasse e outros 26 estão a ser resolvidos amigavelmente, sobretudo os relacionados com a falta de pagamento de salários.

No período em menção, 41 empresas e trabalhadores receberam assessoria em matéria laboral, evitando, assim, a eclosão ou convocação de greves.

À semelhança do que tem acontecido noutras províncias, os frequente casos de conflitos laborais em Tete têm a ver com atrasos ou não pagamento de salários, horas extraordinárias, pagamento de indemnizações, despedimentos sem justa causa, descontos nos salários e não canalização à segurança social, bem como a rescisão unilateral de contratos de trabalho por parte das entidades empregadoras.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!