Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Detidos indivíduos acusados de roubo de 216 mil meticais

A Policia da Republica de Moçambique (PRM) deteve na 1ª esquadra da cidade de Maputo, os nacionais Paulino Agostinho e Stélio Justino, de 34 e 38 anos de idade, residentes no bairro de Hulene e Polana caniço “B”, respectivamente, indiciados de roubo de 216 mil meticais no interior de uma viatura estacionada na via pública, na semana de 11 a 17 de Janeiro, na cidade de Maputo.

A PRM deteve ainda a jovem Vitória António, de 29 anos de idade, residente no bairro da Urbanização, por posse de 14 notas falsas, sendo 13 de 500 e uma de 1000 meticais, na 14ª esquadra.

Ainda na Urbanização, a PRM deteve na 11ª esquadra um indivíduo identificado pelo nome de Francisco Fabião, de 59 anos de idade, acusado de homicídio voluntário contra um cidadão que em vida respondia pelo nome de Fernando Captine, de 29 anos de idade.

Já na 3ª esquadra está detido o nacional Francisco Valente, de 72 anos de idade, por ter violado uma menor de quatro anos de idade, no bairro Fomento.

Gaza

No distrito de Chibuto, província de Gaza, a PRM deteve Moisês André Macuácua e Richel Andre Macuácua, de 30 e 37 anos de idade respectivamente, acusados de homicídio voluntário contra o progenitor que em vida respondia pelo nome de André Macuácua.

Manica

Em Mossurize, província de Manica, um cidadão de nome Saimon Maswandzo, de 36 anos de idade, encontra-se a ver o sol aos quadradinhos por tráfico de 15 quilogramas de cannabis sativa, um outro de nome Francisco Bota, encontra-se na mesma situação por produção e venda de cannabis sativa, no Comando Distrital da PRM.

Nampula

A PRM deteve os nacionais Mário Morrevera e Calton Inácio, de 23 e 26 anos de idade, no posto administrativo de Nacarôa, na província de Nampula, surpreendidos na posse de uma quantidade não especificada de ossos humanos, retirados no cemitério para a posterior venda a estrangeiros.

Por outro lado, a Polícia de Guarda Fronteira realizou ao longo deste período várias acções que culminaram com a detenção de 1.419 violadores de fronteira, dos quais 902 nacionais, 234 malawianos, 124 zimbabwenaos, 87 tanzanianos e 20 zambianos, e três moçambicanos foram repatriados da República Sul-africana, que teriam entrado das fronteiras de Ressano garcia e Ponta de Ouro.

No período em análise, a PRM registou em todo o país 126 casos de natureza, sendo 82 contra propriedade, 36 contra pessoas e oito contra a ordem, segurança e tranquilidade públicas criminal. Destes, foram esclarecidos 104, o que representa uma operatividade policial na ordem de 83 porcento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!