Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Detidos 59 imigrantes ilegais em Moçambique

A Polícia moçambicana (PRM) deteve um total de 59 imigrantes encontrados em situação ilegal em diferentes províncias do país.

Destes indivíduos, constam indivíduos que haviam fugido do Centro de Refugiados de Maretane, província de Nampula, Norte do país, segundo indica o relatório do Comando-geral da PRM sobre a situação da criminalidade no país que foi recebido, Terça-feira, pela AIM.

“No distrito de Nicoadala, província da Zambézia, a PRM deteve seis imigrantes de nacionalidade etíope, que se faziam transportar numa viatura pertencente a empresa “Maningue-Nice”, refere o relatório da Polícia, acrescentando que decorrem procedimentos destinados a recondução destes cidadãos ao Centro de Maretane.

Além destes, as autoridades detiveram, em Nampula, um total de 12 imigrantes ilegais, sendo nove de nacionalidade paquistanesa e três bengalis.

Na altura da sua detenção, os indivíduos em causa faziam-se transportar numa viatura cujo motorista fugiu, quando se apercebeu da aproximação da Polícia.

Refira-se que Moçambique se tornou num destino ou país de trânsito preferencial para imigrantes ilegais provenientes de quase todas partes do mundo, com destaque para a região do Corno de África e Ásia.

Na sua maioria, estes imigrantes usam as províncias nortenhas de Cabo Delgado e Nampula onde entram através das fronteiras terrestres, marítima e até mesmo aéreas, em operações que envolvem actos de corrupção por parte dos oficiais dos Serviços de Migração e agentes da Polícia.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!