Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Descobertas revelações do ténis em escolas primárias

Em 12 escolas primárias: Standard Bank leva 3.000 crianças a jogar ténis

Foto de Fim de SemanaTiveram lugar, no sábado, 29 de Setembro, em Maputo, os torneios intraescolares de ténis, envolvendo alunos de seis escolas primárias dos municípios de Maputo e Matola, no âmbito do projecto de massificação desta modalidade promovido pelo Standard Bank, em parceria com a Federação Moçambicana de Ténis.

Os torneios intraescolares consistiram na realização de jogos para o apuramento dos melhores alunos, em cada unidade educacional, que vão disputar uma prova entre as seis escolas primárias envolvidas no projecto, nomeadamente a EPC de Lhanguene Centro, EPC Minkadjuine, EPC Bagamoyo-Matola, EPC de Wiriyamu, Escola Primária Amilcar Cabral e a Escola Primária Lhanguene Piloto.

A tenista Laura Nhavene, que assiste tecnicamente a formação dos alunos da Escola Primária Completa de Minkadjuine, disse, a propósito, que constitui uma honra partilhar a sua experiência com as crianças, na perspectiva da descoberta de novos talentos.

“Estamos a introduzir o ténis pela primeira vez nas escolas em Moçambique e as crianças mostram-se muito entusiasmadas e dispostas a aprender. Constatei, na Escola Primária Completa de Minkadjuine, a existência de alunos com um grande potencial para se tornarem em grandes tenistas no futuro”, afirmou.

Estas crianças, conforme realçou, nunca tiveram a oportunidade de praticar ténis e nem sequer conheciam o ténis como desporto: “Com a implementação deste projecto de massificação nas escolas, vislumbra-se uma grande conquista para o desenvolvimento da modalidade no País”, disse, ajuntando que o seu sonho é ver o ténis no curriculum escolar”, frisou.

Anastácia Macome, directora da Escola Primária de Minkadjuine, explicou, a-propósito que o ténis constitui uma modalidade nova para a escola.

“As crianças aderiram massivamente a esta iniciativa do banco e estão agora diante de uma grande oportunidade para mostrar o seu talento, após semanas de aprendizagem e treinos”, indicou Anastácia Macome, para depois explicar que a integração do projecto na escola foi efectuada de modo a não interferir com o processo normal de leccionação das aulas.

Com 10 anos de idade, Anderson do Inácio é uma das crianças que aderiu ao projecto na Escola Primária Amilcar Cabral. A criança contou que nunca tinha ouvido falar de ténis: “Quando o professor nos chamou tudo parecia estranho, mas agora aprendi a bater a bola para a direita, esquerda e a fazer o serviço”, disse.

Importa realçar que o projecto de massificação do ténis foi lançado, formalmente, no dia 21 de Agosto, na Escola Primária Completa Wiriyamu, no distrito municipal KaMubukwana, em Maputo, tendo o Standard Bank oferecido a cada uma das escolas envolvidas raquetes, redes e bolas de ténis.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!