Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Condutor mata e foge em Cabo Delgado mas acaba nas mãos da Polícia

Três pessoas morreram, no distrito de Mocímboa da Praia, província de Cabo Delgado, por atropelamento protagonizado por um automobilista, que na sequência do acidente fugiu, abandonando as vítimas.

Segundo as autoridades policiais, naquele ponto do país, o acidente aconteceu por volta das 22h00 do dia 24 de Setembro passado, no distrito de Mocímboa da Praia.

O suposto homicida, que fazia o sentido Pemba/Palma, quatro dias depois foi neutralizado pela Polícia da República de Moçambique (PRM), quando alegadamente pretendia regressar a Pemba.

Presume-se que o excesso de velocidade tenha sido a causa da tragédia. As vítimas são todas maiores de idade.

Duas delas morreram no local do sinistro e a terceira na unidade sanitária para a qual acabava de ser socorrida.

O condutor reconheceu o facto e alegou fugiu porque tinha medo de ser submetido à maus-tratos pela população. A desculpa não convenceu aos agentes da lei e ordem, que consideram que o visado pretendia se isentar da sua responsabilidade.

Para o Comando Distrital da PRM, em Mocímboa da Praia, se não fosse a chapa de matrícula da viatura do referido automobilista, deixada no local do acidente, não teria sido fácil a sua detenção.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!