Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Desabamento de pontecas condiciona circulação rodoviária

Continua interrompida, há cerca de uma semana, a comunicação rodoviária entre os distritos de Nacala-a-velha e Memba, em consequência do desabamento de algumas pontecas e aquedutos na zona fronteiriça das duas regiões, originado pelas chuvas que têm vindo a cair nos últimos dias e que já provocaram igualmente estragos no sector de educação.

Neste momento, para ter acesso à sede do distrito de Memba e aos postos administrativos, nomeadamente Geba, Lúrio e Chipene, tem de se observar uma volta de cerca de 400 quilómetros contra os habituais 68 quilómetros.

Segundo referiu a porta-voz do governo de Nampula, Páscoa de Azevedo, as viaturas são obrigadas a usar o troço Chipene/Nacarôa/ Namialo/Nacala-a-velha em face da actual intransitabilidade da via Nacala-a-velha/Memba.

Entretanto, a fonte assegurou-nos que as obras estão em curso e se tudo correr de acordo com a previsão do empreiteiro, até domingo a estrada estará minimamente transitável.

Para além de danificarem as estradas, as chuvas fizeram, igualmente, estragos na área de educação, cujo balanço aponta para a destruição parcial ou total de mais de cem estabelecimentos de ensino.

Na cidade capital provincial, o executivo de Nampula diz-se preocupado com a acentuada degradação das estradas urbanas e periurbanas, com destaque para as que ligam à zona de Muhala expansão.

Segundo Páscoa de Azevedo, foi emitido um “recado” ao Conselho Municipal da Cidade de Nampula no sentido de envidar esforços para colmatar o referido cenário.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!